É caspa ou Dermatite Seborreica?

Se você acha que caspa é uma coisa e Dermatite Seborreica ou “seborréia” é outra coisa, sinto lhe informar: é tudinho a mesma coisa. Quer dizer, aquele pó fininho, que lembra uma farinha branquinha, que está presente no couro cabeludo ou que, às vezes, teima em aparecer sobre os ombros (imagina se estiver vestido como uma camisa preta vixi!), é a chata da caspa. Sem contar que o couro cabeludo pode começar a coçar e de repente seus fios começarem a despencar. Se você acha que eu contei tudo, aí vem a pior das notícias: não tem cura! (Pausa indignação…). Vamos entender porque acontece isso tudo?

A grande maioria das pessoas já manifestaram a caspa em algum momento da vida. Pode ter sido inclusive logo após o nascimento, que é a chamada dermatite seborreica do recém-nascido causada por hormônios maternos durante a gravidez. Existem outras situações em que a dermatite seborreica se manifesta, por exemplo: no parkinsonismo, na AIDS, gestação, adolescência, menopausa, na rosácea, períodos de estress ou realmente ser constitucional – quer dizer herdada geneticamente da mamãe ou do papai.

Além das alterações hormonais, se é somado um excesso na produção de óleo e a uma proliferação descontrolada de um fungo já presente nas áreas de seborréia (que são, além do couro cabeludo, o rosto, axilas, virilhas e tronco). Tudo isso desencadeia um processo inflamatório que causa coceira, vermelhidão e descamação = caspa. Mas, atenção: isso são características individuais, quer dizer, não é contagioso nem infeccioso (você não pega caspa se usar aquele pente lotado de pozinho de sua prima hehehe). E por isso não tem cura, e sim controle. É característico de quem tem essa condição notar que às vezes a caspa some e do nada ela vem com tudo, como nessa época de clima frio e seco.

O que fazer então para controlar essa maledeta de galocha?! Atenção para os mandamentos anticaspa:

Aplique condicionadores apenas nas pontas dos cabelos;

Evite o contato com água muito quente;

Enxague abundamtementeos cabelos após a lavagem;

Use roupas de algodão ou tecido naturais caso tenha dermatite seborreica no corpo;

Evite coçar e machucar a região afetada;

Nos bebês é recomedado o uso de óleo mineral antes do banho para facilitar a saída das casquinhas;

Use filtro solar e hidratantes adequados para o seu tipo de pele;

Alimente-se bem , faça atividades físicas, evite o estress;

E agora vamos a listinha de alguns shampoos anticaspa bacaninhas:

 Dicas para uso de shampoos anti-caspa:

Comece o banho aplicando primeiro o xampu no couro cabeludo apenas e deixe agir. Em seguida lave o restante do corpo só depois enxague o xampu. Se você tem cabelos muito compridos, você pode aplicar um xampu neutro de costume somente no comprimento do fio e por fim um condiocionador nas pontinhas. Sempre enxague. Dessa forma evita que o xampu anticaspa resseque demais seu fio mesmo sendo de excelente qualidade.

Bjs!

Leave a Reply

Your email address will not be published.