Dra Sílvia Cristina de Castro Oliveira – Dermatologia e Estética

..28.06.2017.. 11

bolsa de praia

Bom, há alguns dias eu contei aqui como deixar as crianças à vontade na praia, mas bem protegidas ao sol, sem (muito) stress. É claro que quando a gente programa viagem com crianças, principalmente praia, a prioridade são elas – em relação ao local, infra-estrutura, horários, alimentação, etc… Até aí, tudo bem! Mas, não seja por isso que vamos chutar o pau da barraca e largar pra lá todo cuidado que tivemos com a nossa querida pele ao longo do ano e focar apenas nas crianças, não é mesmo? E pra que não tem filho, aí que não tem desculpa meeeesmo, viu?

Na verdade, eu vou colocar aqui o meu ritual de cuidados “on the beach”. Na verdade, houve uma época da minha vida que eu ia literalmente fantasiada pra praia, meu marido, vixi, fingia que não me conhecia! Geralmente, dava preferência aos filtros físicos (que deixa o rosto branco pela presença do Zinco e Titânio na composição), chapéu gigante (tipo sombrero mexicano, sabe?) e canga toda enrolada no corpo. Ficava igual uma gueixa do deserto – só com os olhinhos do lado de fora hahahaha, horrível! Na verdade, praia, sol, mar nunca foram meu passeio favorito. Mas vamos confessar uma coisa: um banho de mar pra lavar a alma da gente e tirar a nhaca do ano que passou, é bom de maaaaaais! Além disso, no meu momento atual, eu não consigo ficar com esse look todo e nem escondida do sol por causa da meninada.

Então, pra eu dar conta do cuidado com toda família, eu tinha que ser simples e prática também comigo mesma. Confere aí o meu pequenino arsenal :

Filtro Solar Physical Fusion UV Defense FPS50 Cor Universal Skinceuticals: apesar de ser um filtro físico, ele tem uma corzinha discreta que quebra o branco e não deixa o rosto com aspecto de gueixa. Além disso, é oil-free, sem conservantes químicos e é resistente água. Um filtro físico age refletindo a luz solar. E, na praia, a radiação solar é quase 100% refletida pela areia ou água – e é por isso que mesmo debaixo do guarda-sol você “queima”. No meu caso, EU era o guarda-sol das crianças à beira-mar, entende?

SunMax FPS65 Anti Aging Spray: ano passado, ele era vendido como Ansolar Sport 65. Também é um filtro oil-free, resistente à água, tem ótima fixação e seca rapidinho. Usei esse no corpo antes sair pra praia. Pelo fato de ter anioxidantes na formulação, ele favorece a hidratação da pele e evita o fotoenvelhecimento causado pela radiação ultravioleta. Foi super aprovado também pelo meu marido, por ser bem absorvido na região de pêlos como braços e pernas.

sunmax

Protetor Solar Neutrogena Sun Fresh FPS 50 Aerossol Pele Molhada: esse filtro eu resolvi testá-lo pra saber como é o tal “efeito pele molhada”. Quando a gente está na praia, vocês sabem: é uma meleca reaplicar o filtro porque a água do mar é meio grudenta e mistura com areia (aff!!). E achei que esse filtro me ajudou bastante na reaplicação, porque logo que eu saía do mar eu já o aplicava e pronto: tudo certo. Mas, aplicá-lo com a pele seca não deu certo, porque daí é difícil dele espalhar uniformemente. Para o rosto, reaplicava da Skinceuticals mesmo.

Hidradeep Protetor Labial FPS 30: (já falei dele aqui) passo diariamente nos lábios, acho um excelente lip balm (no dia a dia uso antes de usar o batom) e inclusive nas crianças. Não mela, não tem cheiro e protege. Amooo. (é o pequenininho da foto lá de cima)

Acessórios, claro! Sempre usei chapéu de aba larga, nunca boné, porque a sombra por ele produzida não cobre nem a ponta do nariz. Usei uma viseira e um chapéu: ambos da UVLine. Portanto o tecido deles conferem uma proteção extra 50. Óculos sempre com filtros também para raios UVA e UVB – nada de óculos baratinhos comprados ali mesmo na areia, viu?

Hiffilis – Hidratante para os cabelos com proteção solar. Geralmente, quando a gente chega da praia duas coisas geralmente ficam detonadas: a pele e o cabelo! Como eu estou na fase cabelão, resolvi testar esse produtinho novo. Aplicava antes de ir pra praia e reaplicava após cada mergulho. Senti que os fios não ressecaram tanto e foi mais fácil a lavagem. Ao chegar em casa, lavava com um Shampoo Neutro Elseve e aplicava a Máscara Capilar Kerium Doux Extreme La Roche Posay #indico #uso e #adooro.

Por fim, do capítulo #nãovivosem: Água Termal. A minha escolhida vez foi a Eau Thermale Vichy. Um truque de beauté que não abandono nunca. Aproveitava que a caixa térmica que levávamos pra praia (mico!) e deixava minha garrafinha lá bem acomodada ao lado da cervejinha (porque ninguém é de ferro) e ambas sempre ficavam geladíssimas! Pronto, foi uma garrafa de 150g em 8 dias. Melhora o desconforto da pele pelo calor, refresca e dá sensação de frescor!

De resto, pra completar, foi só água de cocô e sombra curtindo a brisa do mar!

Bjs!!!

Muita gente, nessa época do ano, vem ao consultório querendo usar algum “ácido” na pele. Mas, qual o objetivo e a diferença entre eles?

A pele, a partir dos 30 anos, começa um processo natural de envelhecimento #averdadedoi. Outros fatores como sol, cigarro, má alimentação e stress também favorecem e aceleram o processo de envelhecimento. A principal arma na forma de creme que nós temos são os ácidos, que agem principalmente na renovação celular. O ácido retinóico ou tretinoína, substância mais conhecida e prescrita, continua sendo o queridinho entre os dermatos para iniciar qualquer tratamento de anti-envelhecimento. Porque já foi provado, em inúmeros artigos científicos, sua real eficácia na melhora da textura, viço e clareamento da pele. É nítida essa melhora em cada uma das minhas pacientes que faz uso. Até mesmo no tratamento da acne, ele é utilizado com resultados excelentes. Como não amá-lo? O problema é que muuuita gente não tolera seu uso, apresentando diversos efeitos colaterais na pele, por exemplo: vermelhidão, coceira, descamação e a, longo prazo, aparecimento de pequenos vasinhos no rosto. Por isso é fundamental avaliação médica antes do seu uso, além disso, só é vendido com receita.

vitanola

Vitanol-A (tretinoína): vendido nas concentrações de 0,01%, 0,025%, 0,05% e 0,1%.

A alternativa seria lançar mão dos derivados do ácido retinóico, que tentam alcançar a mesma eficácia, porém sem os mesmos efeitos colaterais. Eles são o retinaldeído e o retinol vendidos em produtos cosmecêuticos – quer dizer não é nem remédio (não precisa de receita) e nem cosmético (tipo com concentração muito baixinha de ativos).  Os estudos científicos mostram que o resultado na melhora na qualidade da pele se dá geralmente depois de 4 meses de uso se a concentração de retinaldeído ou retinol for a mínima exigida. Pensou que fosse pá pum e a pele tá linda? Então, mesmo nesses casos, é fundamental um acompanhamento médico para ser feito um planejamento de tratamento para que suas expectativas em relação ao uso de tal produto sejam alcançadas. E, sinto lhe informar eles são muuuito mais $$$ que o velho e bom ácido retinóico – tudo tem lado bom e ruim.

Eis alguns dos excelentes exemplos de derivados do ácido retinóico:

elauge

 

 

Eluage Avène: composto de retinaldeído, fragmentos de ácido hialurônico e água termal avène – atua sobre rugas profundas, tem efeito tensor, hidratante e suavizante. Pode ser encontrado na versão Eluage Concentrado, para ser aplicado diretamente nas rugas.

 

 

 

 

retinox

 

 

 

Retin-Ox Roc: composto de retinol, ácido hialurônico e biopeptídeos. Favorece a renovação celular e estimula a produção de colágeno. Também encontrado na versão para os olhos, que promete luminosidade e suaviza o aspecto das olheiras.

 

 

 

 

 

 retinol 0,3

 

 

 

Retinol 0.3 Skinceuticals: é composto da mais alta concentração de retinol no mercado permitido pela ANVISA. Confere regeneração celular sem irritar a pele. Textura muito leve.

 

 

 

 

la prairie

 

 

 

♥ Cellular Power Charge Night La Prairie: é uma combinação de retinol e oxigênio para doar energia reparadora à pele. O retinol ativado, microencapsulado e liberado aos poucos, é absorvido com facilidade sem causar irritação ou ressecamento da pele. Favorece renovação celular e estimula a produção de colágeno e elastina.

 

 

 

 

 

hidrafil antiaging

 

 

 

 

Hidrafil Anti-Aging Facial Stiefel: é um gel-creme podendo ser usado para todos os tipos de pele e que reúne na sua composição retinol e goma biossacarídica-1, que é um hidratante natural. Vem com FPS 24 podendo, então, ser usado de dia.

 

 

 

 

Quem não pode usar ácidos: grávidas, mulheres que estão amamentando, menores de 12 anos ou que apresentam hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Na dúvida sempre procure seu médico dermatologista antes de usar qualquer produto.

BJs!

A  Skinceuticals acabou de fazer o mais novo lançamento de sua linha: Blemish + Age Defense. Este produto foi desenvolvido para o controle da acne, principalmente nos quadros chamados de acne da mulher adulta e acne cosmética (ou seja, quando se usa produtinhos cosméticos não adequados ao seu tipo de pele favorecendo ao aparecimento das espinhas maledetas…). Mesmo porque ninguém merece espinhas depois de huuum… digamos, de uma certa idade, não é mesmo? Ele é composto de uma associação de alfahidroxiácidos, ácido salicílico e ácido de dióico que ajudam no combate da formação das espinhas e no controle da oleosidade. E o mais bacana desta linha é que sempre está associado antioxidantes na fórmula que combatem as linhas finas e rugas favorecendo a uniformização e luminosidade da pele.

blemish foto

Não é gel nem creme, é um sérum, dá uma olhada na foto para você entender:

serum foto

Lembra um soro um pouco viscoso e transparente, tem uma absorção ultra-rápida, a textura é campeã – superleve. Excelente para peles mistas a oleosas, ou seja, aquelas que brilham o tempo todo. Lembro que ele não é fotossensibilizante (traduzindo: a pele não fica irritada quando exposta ao sol), então pode ser usado logo pela manhã após a limpeza do rosto, antes do filtro solar, e para um melhor resultado deve ser reaplicado à noite. Adooorei essa proposta combo sem espinhas e sem ruguinhas!

Bjs!

Perfil

Dra Silvia Cristina

foto_perfil_pahina_draSilvia

Sou paulistana de nascimento, mas mineira por adoção e coração. Em BH, eu estudei, me formei, me apaixonei, casei e me tornei mãe de dois (lindooos!) príncipes. Assim como muitas mulheres, eu me desdobro para trabalhar, cuidar das crias (do cachorro também, oras!), cozinhar (mentirinha! quer dizer, só faço bolos ahaha!), malhar, namorar, e, agora, blogar!

Sou médica Dermatologista com muito orgulho. Tenho Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, da qual sou membro titular. Pós- graduada em Laser e Cirurgia pela Cleveland Clinic Foudation – OHIO EUA. Membro da Academia Americana de Dermatologia.

faça sua busca aqui

banner_keepCalm

arquivos

curta e
compartilhe

img_cosmeticos
img_dicasBeaute2
logo_sociedadeMineiradeDermatologia logo_sociedadeBrasileiraDeDermatologia

Entre em contato!

(31) 3241-4556 ou 2512-0956
Rua Padre Marinho, 49 salas 805 e 806
Santa Efigênia . Bh . MG / CEP: 30140-040
contato@drasilviacristina.com.br

política do blog

A informação médica via internet pode complementar, mas nunca substituir a relação pessoal entre o médico e o paciente. A internet pode ser uma ferramenta útil, veiculando informações e orientações de saúde genéricas, de caráter educativo, abordando a prevenção de doenças, promoção de hábitos saudáveis de vida, bem-estar, cuidados pessoais, nutrição, higiene, qualidade de vida, […]

Continue lendo