Dra Sílvia Cristina de Castro Oliveira – Dermatologia e Estética

..dornmethode.com.. Die gleiche Theorie entgegenstehen gut für das Gedächtnis und. cialis 10 mg deutschland viele andere Staaten und Bedingungen. Es besteht keine Notwendigkeit, das Thema http://www.dornmethode.com/kamagra-oral-jelly-nebenwirkungen.html weiter levitra 20mg online apotheke zur Zeit der Verfolgung, aber die praktische Anwendung cialis günstiger kaufen der Hypothese liegt in der Möglichkeit, dass die gleichen Bedingungen unter Schock bekommen können. ..28.06.2017.. 11

botox2

Hoje vou falar sobre o tratamento estético mais realizado nos consultórios dermatológicos: a aplicação de toxina botulínica, cujo primeiro fabricante, a Allergan, tornou seu nome comercial mais conhecido no mundo: o Botox®. Atualmente, existem outras marcas no mercado: Dysport®, Prosigne®, Xeomin®, Botulift®, dentre outras.

Recentemente foi publicado na revista científica Dermatologic Surgery um trabalho que mostrou que a aplicação de toxina botulínica entre as sobrancelhas melhora sintomas da depressão naqueles que têm a doença. Não foi muito bem elucidado como a toxina botulínica age para esse fim, mas o fato é que foi demonstrado o que os dermatologistas e pacientes do mundo todo já sabiam: ficar sem as ruguinhas, é tuuuudo de bom, melhora qualquer astral, não é mesmo?

Mas, você sabe como a toxina age? Quais são suas reais indicações? E a aplicação: pode ser feita em qualquer idade? Em qualquer parte do rosto? E, será que vou ficar paralisada? Sem expressão?? Vou tentar responder essas e outras questões envolvendo esse tratamento consagrado, mas que muita gente, por falta de informações corretas, deixa de fazer.

Como a toxina botulínica age:

Apesar da presença inúmeros cremes anti-rugas, peelings, lasers, a toxina botulínica é imbatível no seu propósito de atuação: amenizar claramente as rugas. Pois seu mecanismo de ação é diferente de qualquer outro tratamento, ele atua diretamente no músculo. Pois bem, o que acontece é que quando fazemos o movimento de levantar a testa, frisar as sobrancelhas ou até mesmo sorrir, a pele acompanha esse movimento muscular de vai e vem. Com o passar do tempo, a partir dos 30 principalmente, a pele pode “ir e não voltar” com o movimento muscular, daí surge marcas, rugas, sulcos no rosto, como os famosos “pés de galinha” quando a pessoa sorri por exemplo. A toxina botulínica, quando injetada exatamente no local daquele músculo que fica redor dos olhos, ela impede que esse músculo faça esse movimento de contração da pele e portanto as rugas não aparecem mais. Portanto, a toxina melhora as chamadas rugas dinâmicas, aquelas provocadas por vícios de expressão.

botox 4

Musculatura do Rosto e Pontos de Aplicação

Em que regiões do rosto a toxina pode ser aplicada? E como é aplicada? É doloroso?

As regiões do rosto mais beneficiadas pela técnica são os locais onde há maior movimentação muscular, como: entre as sobrancelhas, testa, ao redor dos olhos. Mas ruguinhas que se formam ao redor da boca (como em fumantes) e no pescoço também podem melhorar. A toxina é aplicada através de injeções com microagulhas próprias para atingir apenas o músculo que se quer tratar. Em média, demora cerca de 30 minutos e é muito bem tolerada pela maioria dos pacientes.

A toxina botulínica pode prevenir rugas?

Sim, claro que pode! Se você nota que sua pele fica muito enrugada quando faz muita careta, a toxina quando aplicada relaxa essa musculatura e a pele fica protegida do aparecimento dessas marquinhas. Obviamente para um tratamento anti-rugas não só é importante manter essa pele em repouso como também é fundamental protegê-la de fatores que a envelheçam como o sol ( →use filtro solar), não fumar (→formação de radicais livres), usar fórmulas que contenham substâncias que estimulam o colágeno e a renovação celular (→cremes a base de ácido retinóico por exemplo).

Todo mundo pode aplicar Botox?

Não. Esse é um procedimento médico e como todo procedimento deverá ser feita primeira uma avaliação para saber se há alguma contra indicação ao tratamento. Por exemplo não podem fazer uso da toxina botulínica: gestantes, mamães em amamentação, portadores de doençs auto-imunes, determinados tipos de doenças neurológicas ou em uso de medicamentos como os aminoglicosídeos.

Qual o risco que eu corro ao fazer a aplicação?

O sucesso do tratamento depende da técnica empregada de quem aplica, então procure sempre um profissional habilitado (Dermatologista da SBD ou Cirurgião Plástico da SBCP). Entre os maiores riscos da toxina botulínica está no exagero das doses e aplicações em regiões de risco, que podem resultar em assimetria facial (um lado ficar diferente do outro), queda da pálpebra, alteração do sorriso, dificuldade na fala e deglutição, quando por exemplo a técnica é mal feita em regiões do pescoço e boca.

A toxina botulínica melhora a flacidez?

Não. Nesse caso, as opções de tratamento são laser, aparelhos de ultrassom multifocado, técnicas de volumerização com preenchedores específicos de ácido hialurônico e cirurgias plásticas.

Quanto tempo dura a ação da toxina botulínica? E a reaplicação é feita de quanto em quanto tempo?

O efeito da toxina botulínica é temporário, em média de 4 a 6 meses. Isso depende do local aplicado, da musculatura facial de cada um e da dosagem empregada. Geralmente, recomenda-se que a aplicação seja feita 2 vezes ao ano para manter o efeito.

Você sabia que…

A medicina utiliza a toxina botulínica para tratamento também de:

  • Sudorese excessiva: nas axilas, mãos e couro cabeludo;
  • Enxaqueca
  • Estrabismo
  • Incontinência urinária
  • Paralisia Facial

E depois de você se informar aqui, acredito que você já ficou toda animada em se livrar das ruguinhas, mas se ainda tem dúvida procure seu dermatologista de confiança e converse com ele a respeito. A aplicação da toxina é rápida e simples e seus efeitos incríveis, mas se aplicado corretamente e de uma forma segura.

Bora ser feliz e com menos rugas?

Bjs!!

 

  acheter viagra paris 25 mg

diane kruger 2

Começo o blog com essa foto da belíssima Diane Kruger, atriz alemã detentora de uma tez invejável! Perguntada qual o segredo de uma pele tão perfeita, imaginem a resposta: “Nunca tomo sol!” Mas, pra nós, que moramos em um país ensolarado, passarmos o verão sem pegar uma praia ou uma piscina, é quase irresistível, não? Mas, daí o verão passa e outono chega… E com ele o resultado na pele principalmente de quem se expôs como se não houvesse amanhã: manchas, excesso de oleosidade, espinhas, enfim, um desastre! Caaaalma, nada de desespero! É possível sim voltar à estética da cor de escritório (ou seja, lisinha, sem manchinhas) e sem muito desbotamento. Não que o caminho seja simples ou fácil, pelo contrário… Mas, com um bom cuidado diário associado aos tratamentos dermatológicos é possível sim renovar a pele e deixá-la linda!

Aproveite que o outono chegou e comece o projeto #pelerenovada #pelelinda! Primeira coisa procure sua “dermatoamiga” e peça socorro hehehehe! Na verdade, é preciso avaliar como está sua rotina (ou não) de cuidados com a pele depois do período off duty.

Pele manchada: no caso de quem está com a pele muito manchada talvez seja o momento ideal de iniciar alguns despigmentantes potentes e modernos (que não irritem demasiadamente) como, por exemplo, fórmulas que contenham: ácido kójico, arbutin, ácido glicólico, ácido fítico e phloretin. A tendência atual são fórmulas que agregam despigmentantes de ações diferentes e o uso cada vez menor da conhecida hidroquinona devido o seu efeito tóxico sobre à pele.

Klassis

Klassis creme: clareador a base de ácido glicólico, arbutin e ácido kójico

Pele envelhecida e rugas (credo!!!): gente, mais uma vez: o sol tem inúmeros efeitos benéficos sobre nossa saúde. Mas ele é o principal fator, provado através de inúmeros estudos científicos, que provoca envelhecimento da pele, quer dizer, a deixa sem viço e com marcas. E pra quem passou dos 30, isso começa a ficar mais notável. Nessas situações, acho fundamental estimular uma renovação das células da pele que vão ficando preguiçosas com o passar do tempo.
Definitivamente o ácido retinóico continua imbatível nesse quesito e atualmente, tenho associado potentes antioxidantes como a vitamina C, o ácido ferúlico, coffeberry e chá verde que potencializam ainda mais seu o efeito rejuvenescedor.

skin active night

Skin Active: contém 7 ativos antioxidantes e retinol para renovação celular

Espinhas e excesso de oleosidade: em tempos de verão, geralmente a pele fica realmente mais oleosa o que estimula a produção de espinhas, a que chamamos de Acne Estival. Nesse caso, geralmente a acne se manifesta através do aparecimento de cravinhos e excesso de brilho na pele. Geralmente indico produtos a base de adapaleno e cosméticos que controlem o brilho ao longo dia.

differin

Differin: adapaleno a 0,1%

Agora, realmente, tem alguns casos em que a pele precisa de um tratamento de “choque” digamos assim. Nessas situações, procedimentos dermatológicos high-tech como os lasers fracionados de CO2 e luz pulsada tratam as manchas e melhoram (e muito) o aspecto geral da pele. Claro, a opção de realizar esse tipo de tratamento vai depender da avaliação de um médico dermatologista. Somente esse profissional está realmente capacitado em realizá-lo, porque lembro vocês que se não for bem feito pode trazer consequências sérias à pele, como cicatrizes e manchas. O laser de CO2 fracionado tem excelente indicação para peles fotoenvelhecidas. Já a Luz Pulsada tem excelentes resultados em peles jovens com sardas.

active fx

Active FX: laser CO2 fracionado

Por isso, inspire-se na Diane Kruger e procure (rápido) seu dermatologista para que se possa criar boas estratégias de tratamento que resultem numa pele bonita, cuidada, tratada!

Bjs a todos!

young woman taking off peeling mask

Na verdade, eu já começo este post me corrigindo hahaha! Porque costumo aplicar peelings químicos nos meus pacientes em qualquer estação. Para isso é preciso a pele estar bem cuidada sem qualquer tipo de lesão (quer dizer, feridinhas, perebas e afins) e, obviamente, o peeling ser bem indicado. É claro que esta época do ano o clima está mais favorável (confesso que é mais desconfortável ficar com a pele descascando no verão) e nos expomos menos ao sol durante a temporada outono-inverno.

Para quem não sabe, peeling significa descamação. Essa descamação pode ocorrer de 3 maneiras: superficial, média e profunda da pele. Isso é programado de acordo com objetivo do tratamento traçado; por exemplo: se desejo tratar manchas (como o melasma), aplico peelings que vão atuar apenas na epiderme (região mais superficial da pele). Mas se o foco for aquelas ruguinhas indesejáveis posso optar por peelings médios ou profundos com o objetivo de eliminar as células mortas, renovar as camadas superficiais da pele e estimular a síntese do colágeno (a tão falada substância que dá sustentação na pele). Nesse caso há formação de crostas na pele e, geralmente, é necessário ficar alguns dias de molho em casa para pele reepitelizar (quer dizer, nascer novinha em folha – com melhora de manchas, rugas e com viço).

Como preparar a pele para o peeling? Primeira coisa: marque com o seu médico dermatologista uma consulta para avaliar seu tipo de pele e qual é o melhor peeling para você. Hoje existem diferentes ácidos e diferentes técnicas de aplicação – só o médico vai saber definir o mais apropriado. Geralmente, é indicado um ácido para ser aplicado no local a ser tratado por pelo menos 15 dias antes do primeiro peeling. Esse tempo também é importante para você se habituar a usar o filtro solar mais de uma vez ao dia – siiim! você vai precisar muito dele no pós. Além disso, mesmo em casos onde se aplica um peeling superficial, recomenda-se que seja numa semana sem grandes compromissos, quer dizer, sem festas, casamentos, reuniões importantes e viagens – você vai precisar estar tranquila para se cuidar. Geralmente, recomendo o peeling numa 4ª feira ou 5ª feira – isso porque a descamação se inicia cerca de 2 dia depois da aplicação, então no início da outra semana a pele está praticamente recuperada.

Quais são as indicações para peelings? As principais indicações são: melasma, espinhas (no rosto e nas costas), estrias, envelhecimento da pele/rugas, sardas, melanoses solares (que são aquelas manchinhas que aparecem nas mãos e antebraços depois de uma certa idade…), olheiras, cicatrizes de acne, enfim, inúmeras indicações. Também lembro que há certos peelings que podem ser aplicados na pele morena e negra com toda segurança e ótimos resultados.

peeling ac retinoico

Quais são os benefícios desse tratamento? A pele adquire um tom mais uniforme, com mais viço, clareia-se as manchas, diminui cravinhos e melhora aquelas espinhas inflamadas, melhora a aparência das estrias e olheiras e diminui rugas finas. No caso dos peelings superficais a aplicação é rápida e praticamente indolor e você não precisa se afastar de suas atividades do dia a dia.

Quantas vezes é preciso fazer peeling para atingir o resultado esperado? Tenha em mente que apesar de ser visível uma melhora na qualidade da pele após a 1ª sessão, o resultado é melhor ainda quando são realizados em série, ou seja, em torno de 4 a 5 com intervalos de 30 dias. Cada vez que o peeling é aplicado a pele torna-se mais uniforme e apta a receber as medicações em creme de uma maneira mais homogênea. Ou seja, aquele composto que no início do tratamento não estava resolvendo tanto, agora, depois da pele mais certinha, a ação dele é potencializada.

Quais são os riscos de um peeling? Mesmo os peelings superficiais podem ter complicações se não for bem indicado e feito corretamente. Por isso, é fundamental que seja aplicado por um médico dermatologista que é o profissional que sabe ( = estudou, pesquisou, se formou pra isso) o que fazer se caso uma complicação ocorrer. As principais complicações a saber são: manchas escuras (hipercromia) ou claras (hipocromia), cicatrizes, reações alérgicas, vermelhidão intenso e persistente e reativação de herpes.

Quem não pode fazer peelings? Grávidas, mulheres que estão amamentando, peles bronzeadas, pacientes em uso de Roacutan®, presença de infecção ativa do herpes simples ou quando a pele não estiver bem preparada para tal.

Quais são os cuidados no pós-peeling? Isso vai depender principalmente do local aplicado e da profundidade que o ácido atingiu. As principais recomendações são: usar filtro solar 3 a 4 vezes ao dia (mesmo que não se exponha diretamente ao sol), lavar a pele delicadamente com uma loção de limpeza de preferência com águia fria, enxugar sem esfregar, e nada de cutucar/puxar/friccionar a pele (sabe aquela tentação de puxar uma pelinha ou ficar procurando uma casquinha – NO WAY!!!).

Adoro fazer esse procedimento, porque continua sendo uma ótima opção de tratamento para diversos problemas de pele e com resultados muito bons.

Em caso de dúvida, procure sempre seu médico.

Bjs!

 

Perfil

Dra Silvia Cristina

foto_perfil_pahina_draSilvia

Sou paulistana de nascimento, mas mineira por adoção e coração. Em BH, eu estudei, me formei, me apaixonei, casei e me tornei mãe de dois (lindooos!) príncipes. Assim como muitas mulheres, eu me desdobro para trabalhar, cuidar das crias (do cachorro também, oras!), cozinhar (mentirinha! quer dizer, só faço bolos ahaha!), malhar, namorar, e, agora, blogar!

Sou médica Dermatologista com muito orgulho. Tenho Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, da qual sou membro titular. Pós- graduada em Laser e Cirurgia pela Cleveland Clinic Foudation – OHIO EUA. Membro da Academia Americana de Dermatologia.

faça sua busca aqui

banner_keepCalm

arquivos

curta e
compartilhe

img_cosmeticos
img_dicasBeaute2
logo_sociedadeMineiradeDermatologia logo_sociedadeBrasileiraDeDermatologia

Entre em contato!

(31) 3241-4556 ou 2512-0956
Rua Padre Marinho, 49 salas 805 e 806
Santa Efigênia . Bh . MG / CEP: 30140-040
contato@drasilviacristina.com.br

política do blog

A informação médica via internet pode complementar, mas nunca substituir a relação pessoal entre o médico e o paciente. A internet pode ser uma ferramenta útil, veiculando informações e orientações de saúde genéricas, de caráter educativo, abordando a prevenção de doenças, promoção de hábitos saudáveis de vida, bem-estar, cuidados pessoais, nutrição, higiene, qualidade de vida, […]

Continue lendo